Futuro, sim, mas da fotografia?

Fim de período na faculdade é sempre a mesma coisa: tempo pra nada. E mesmo que exista algum tempo, a noção de que ele não deveria existir ainda prevalece(ou então o tempo existe e é gasto em outras atividades!) A questão é que sumi de novo. Tô quase no ponto de pegar um meme pra não deixar aqui tão abandonado, mas nem isso tenho visto.

Um post rápido aqui pra comentar uma notícia da semana passada, mas que só me chegou hoje: vi no let’s blogar que a revista Outside resolveu usar uma espécie de “foto animada” numa edição. A idéia é como as fotos dos jornais em Harry Potter, que nada mais são que vídeos em loop. E é aqui que entra minha implicância.

O tempo todo é feito um alarde sobre o futuro da fotografia e como isso será usado em publicações impressas. É realmente inovador e abre um leque imenso de aplicações sobre as quais temos só a mais rasa ideia, exceto que isso não é fotografia e essas publicações não são impressas. Como comentei acima, é o loop de um vídeo — v-í-d-e-o. E isso não está no papel, mas em uma tela de OLED ou a tecnologia que estiver disponível, mas que é a mesma coisa que meu celular mostrando uma página da internet, só que num formato mais “clássico”.

Eu não tenho a menor dúvida de que estamos vivendo uma época muito acelerada mas, por favor, vamos dividir bem o que nos é mostrado como inovação e o que é um novo uso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s